11 de out de 2016

Astronomia: Observatório Astronômico de Piracicaba

Boa tarde gente! Depois de muuuuito tempo resolvi voltar... Mas estou voltando aos poucos.
Eu mesma mudei o layout do blog que era algo que eu queria alterar faz tempo, mas ainda é um layout provisório.

Bom, resolvi trazer um assunto que tem muito a ver comigo.
Sempre me interessei por astronomia, desde pequena quando eu e meu pai deitávamos em almofadas no chão da chácara dos meus avós para olhar o céu e conversar sobre.
Na 5ª série fiz um curso de astronomia que não me lembro de quase nada, portanto resolvi fazer outro.

Há uns 4 anos conheci o Observatório Astronômico de Piracicaba, e este ano minhas visitas se tornaram mais frequentes. Quase todo sábado eu ia, com meus pais, levava amigos para conhecerem... Me inscrevi para um curso de astronomia básica que durou 5 semanas (o curso acabou nesse sábado), e eu gostei muito.
Eu adoro esse lugar, é cheio de boas energias, os astrônomos Nelson e Warner explicam diversos assuntos. É um lugar com muita informação interessante para quem ama aprender mais.

As visitas para o público acontecem nos sábados das 19hrs até 21:30hrs, e você pode fazer a observação pelos telescópios e eu já vi a lua, saturno, uma estrela binária, aglomerado da borboleta etc; Além da observação, normalmente o Sr. Warner dá pequenas aulas no computador na sala de aula onde mostra alguns programas astronômicos que você pode instalar no seu computador. Além das aulas, existem expostos quadros, relógios solares, globos, alguns objetos curiosos e outras coisas que você pode aprender.  É muito lindo de ver tudo isso, recomendo a irem.
-
Good afternon! Afer a loooot of time I have decided come back… But I am backing slowly.
I have changed the blog layout, it was something I wanted change for a long time, but it still is a provisional layout.

Well, I decided to bring a issue that arouses my interest.
I always have been interested for astronomy, since a child when me and my father used to sit in pillows on the floor of the farm of my grandparents to watch the sky and talk about it.
In the 5 grade, I did a astronomy course and I remember almost nothing, therefore I have decided to do another course.

There are 4 years met the Astronomical Observatory of Piracicaba (Observatório Astronômico de Piracicaba), and this year my visits have come more frequently. Almost every Saturday I went there with my parents, with my friends… I have registered myself for a basic astronomy course. It lasted 5 weeks (it finished this Saturday), and I enjoyed a lot. I really like this place, It is full of good energy, Nelson and Warner are astronomers and they explain various issues. It is a place with many interesting information for who loves to learn more.

The visitation for people are on Saturdays from 19hrs to 21: 30hrs, and you could watch the observation by telescopes and I've seen the moon, saturn, a binary star, butterfly cluster and others. Besides observation, usually Mr. Warner gives small classes on the computer in the classroom where he shows some astronomy programs that you can install on your computer. in addition to classes, there are pictures, sundials, globes, some curious objects and other things you can learn. It is very beautiful to see it, I recommend you go. This place is in Piracicaba-SP-Brazil.
Os globos ficam na sala logo à direita.
-
The globes are in the right room.
 Globo terrestre e globo das constelações.
-
Globe of earth and Globe of the constellations.
Globo lunar. Sabiam que nós só conseguimos observar um lado da lua? O lado que não conseguimos ver é todo craterado (como está na foto).  Só descobri isso quando e vi esse globo pela primeira vez, o Sr. Warner que me mostrou.
-
Lunar globe. Did you know we were only able to observe a side of the moon? The side we can not see is all cratered (like the picture). Only discovered this when and saw this globe for the first time, Mr. Warner showed me.
 Vira e mexe vejo essa gatinha, acho que ela mora lá. Muito fofinha :)
-
Sometimes I see this cat, I think she lives there. Very cute :)


Este espaço (da foto acima) é para "Grupo dos Amigos do Observatório Astronômico", onde pessoas levam seus telescópios para observar o céu também.

Deixo um vídeo que gravei no local, para vocês entenderem um pouquinho melhor sobre como é lá! :)
-
This place (picture above) is for "Group of Friends of the Astronomical Observatory" where people take their telescopes to observe the sky.

Below, a video recorded there for you understand a little better how it is there!


Se puder vá, ou procure observatório e planetários em sua cidade!
-
If you can, go! Or search observatory and planetary in your city!
26 de jun de 2015

Projeto fotográfico: São Paulo com Flores

Olá pessoal, tudo bem? Depois de "mil anos" resolvi aparecer, me desculpem pelo sumiço... Mas trago uma notícia boa, me formei, deu tudo certo no meu TCC, e o tema dele foi bem interessante.. Criei 5 estampas para roupas utilizando o conceito vintage, se vocês quiserem posso fazer um post sobre isso. Pretendo voltar a postar aqui no blog, tomara que dê certo :)
Mas vamos ao assunto principal, o projeto fotográfico desse post.
Quero mostrar um projeto fotográfico que participei em conjunto com o Hugo Fagundes Fotos. Faz tempo que fizemos esse projeto, mas acho que ainda vale a pena postar.
O projeto foi feito com o intuito de ver as coisas com um toque de flores (como podemos ver o padrão em todas as fotos onde eu seguro as flores e uso a coroa), mostrar pontos turísticos e contar a história de São Paulo.
Durante o passeio que visitamos diversos pontos conhecidos da cidade de São Paulo sendo a maioria a pé, sentindo o que o pessoal no início da construção de São Paulo sentia. Portanto deixarei aqui as fotos do projeto, junto a sua descrição do ponto conhecido de São Paulo.

Demos início a esta caminhada fotográfica partindo da Praça Roosevelt, e caminhando aleatoriamente pelo centro da cidade.
Esta primeira imagem (imagem acima), usamos a famosa Rua Consolação como plano de fundo, com a sua linda história de construção, vindo desde meados do século XVI, ela "Passava pelo Anhangabaú e tomava rumo de Pinheiros, até encontrar a estrada de Sorocaba." O seu nome deve-se a Igreja criada em 1800 Nossa Senhora da Consolação, antigamente era conhecido como "Caminho do Aniceto" e "Rua dos Taques".
Hoje é uma das vias mais movimentadas e conhecidas da cidade de São Paulo, ligando o centro à famosa Avenida Paulista. Para saber mais sobre a Rua da Consolação acesse: www.saopaulominhacidade.com.br/historia

O segundo lugar em que paramos para tirar a foto foi a Avenida Vieira de Carvalho (ainda no Centro da cidade), que é conhecida também como Rua do Pocinho ou Rua da Santa Cruz. Teve esses nomes porque há aproximadamente cem anos atrás "havia um grande terreno e nele havia um poço. O dono mandou fazer uma limpeza no poço, pois dele se servia costumeiramente. Para esse serviço, do lado de fora ficava um ajudante que manejava o sarilho onde a corda se enrolava e cuja ponta estava atada na cintura do poceiro. Por desgraça, a corda se rompeu antes que ele chegasse ao fundo." Houve muito esforço para retirá-lo de dentro do poço, mas não foi possível salvá-lo porque o poço era estreito e fundo e não conseguiram tirá-lo da água. Para não ocorrer mais acidentes o dono mandou entulhar o poço e a população colocou sobre o poço uma cruz, em homenagem ao poceiro. Fizeram também após esse acontecimento uma capela pela qual o nome escolhido foi Capela da Santa Cruz do Pocinho. Para saber mais detalhes acesse: http://www.saopaulominhacidade.com.br/historia

Fizemos o retrato na famosa galeria do Rock, point que começou seu auge nas décadas de 60 e 70, através do movimento musical Rock and Roll. Importantíssimo pólo cultural da cidade de São Paulo, é significativamente reconhecida pelos freqüentadores de várias gerações. Arte, Música e Atitude é completamente visível nas caminhadas pelo prédio, onde você encontra de tudo: CDs, discos, vídeos, camisetas, acessórios, bandeiras, pôsteres e itens de decoração, lojas de Tattoo e piecings e etc... Com o crescimento de São Paulo a Galeria hoje reúne diversas lojas dedicadas também a cultura de rua(Hip Hop).

Apesar de várias tentativas para achar o melhor ângulo para fotografar esse maravilhoso espaço no centro de São Paulo, tivemos que nos contentar com este enorme banner estragando a paisagem, então para não deixar passar em branco esta enorme construção que tem o estilo arquitetônico dos mais importantes teatros do mundo, combinados os estilos Renascentista, Barroco e Art Nouveau. Por influência da corte em gostar da musica Erudita, foi inaugurado no dia 12 de Setembro de 1911, e teve seu auge no ano de 1922, sediando "A Semana da Arte Moderna" onde ocorreram exposições modernistas e apresentações de músicas, poesias e palestras de arte moderna no país e no mundo.


Após passar pelo Teatro Municipal, logo do lado se situa o Viaduto do Chá que estando em cima dele é possível ver o Vale do Anhangabaú. "O nome Anhangabaú é indígena e significa, em tupi, rio ou água do mau espírito. A história mais provável é que tenha sido batizado assim por conta de algum malefício feito pelos bandeirantes aos índios nas imediações desse rio, que hoje passa sob o asfalto no vale."
O Vale tem jardins e obras de arte que se mesclam com os prédios da cidade. Edifícios importantes como o Martinelli, e o prédio do Banespa se situam ali perto. Hoje em dia o Vale recebe vários eventos como a Virada Cultural, apresentações teatrais, etc.
Para saber mais sobre a o Vale do Anhangabaú acesse: www.cidadedesaopaulo.com/sp/br/o-que-visitar/230-vale-do-anhangabau


Como já estávamos no pique e praticamente do lado não podíamos deixar escapar de tirar uma fotografia em cima do primeiro viaduto de São Paulo, Viaduto do Chá. Esse nome se deu pelas inúmeras plantações de chá da índia que havia na região naquela época, foi inaugurado em 1892. Apesar que parte dos moradores não estavam de acordo com a construção, então foi barrada em 1988. Após controlada a situação as obras continuaram. O viaduto também foi o principal cartão postal da cidade de São Paulo durante anos, possui 204 metros e liga o centro velho ao centro novo. 


Como ir a São Paulo e não se lembrar automaticamente dos milhões de carros que percorrem essas ruas diariamente? A foto foi tirada ao lado do Shopping Light, perto do Viaduto do Chá e do Theatro Municipal. Queríamos enquadrar a muvuca e a movimentação de São Paulo, então com esta gigantesca rua cheia de edifícios, pessoas, carros, ônibus etc, fizemos este clique para guardar este momento rotineiro dos paulistanos.

Falaremos do parque mais fantástico da cidade de São Paulo, esta foto foi tirada no Viveiro Manequino Lopes, que está situado dentro do Parque Ibirapuera, neste viveiro é que são produzidas as mudas de plantas para as áreas públicas da cidade de São Paulo, é aberto ao público e possui cerca de 200 espécies diferentes de plantas, 10 estufas, 97 estufins, etc... Vale a pena a visita para aqueles que gostam de natureza, flores e plantas. Não deixando de lado também o gigantesco parque, onde você pode desfrutar de diversos exercícios em meio a uma paisagem deslumbrante no meio da cidade grande. 
Para mais info sobre o parque: www.parqueibirapuera.org

Continuando falando do Parque Ibirapuera, que tem seu nome do tupi-guarani que significa árvore apodrecida. Em 1920 Manuel Lopes de Oliveira um funcionário público deu início ao plantio de árvores na região, a idéia era retirar a umidade do solo, pois a região era alagadiça. Dentro do parque existe também para relembrar o seu feito, o Viveiro Manequinho Lopes que leva o seu nome e abriga diversas plantas e orquídeas. Para quem ficou curioso, existem muitas fotografias antigas e artigos sobre a criação do Parque Ibirapuera no site, acessem e relembrem o passado com estas maravilhosas fotos: www.parqueibirapuera.org/
Dentro do site existe também, oficinas Gratuitas de Fotografias, a mais recente e super legal é a Oficina de Fotografia de Conservação, não percam e se inscrevam, afinal é gratuito e super legal.


Falaremos da avenida mais conhecida de São Paulo, a Avenida Paulista. Inaugurada em 1891, era considerada muito larga para a época, com 3 vias separadas por árvores e foi primeira via pública arborizada e asfaltada de São Paulo.
Hoje em dia é conhecida por ser uma das avenidas mais badaladas, é o um dos maiores centros comerciais de São Paulo e é ponto de encontro de muitos paulistanos. Nesta incrível avenida que passa por cima dos metrôs Brigadeiro, Trianon-Masp e Consolação que encontramos variedades como edifícios empresariais, o MASP, a Casa das Rosas, locais com alto valor histórico, shoppings, consulados, o Hospital Santa Catarina, restaurantes, o Parque Trianon, centros culturais, e cruzando a Avenida Paulista existe a famosa Rua Augusta, um ponto de encontro cultural da cidade, com cinemas, teatros, bares, casas noturnas e lojas de todos os tipos.


O primeiro metrô do Brasil é o Metrô de São Paulo, um transporte que é muito utilizado pelos paulistanos, chegando a transportar cerca de 4,7 milhões de passageiros diariamente. Foi construído em 1968, mas só em 1972 que houve a primeira viagem. Hoje em dia possui 69,4 quilômetros de rede, 61 estações e 150 trens. Sua arquitetura é bem diferente de qualquer outra. Em 2014 o site do canal CNN elegeu as dez melhores linhas de metrô do mundo, e o metrô de São Paulo ficou em sétimo lugar.

Nesta última foto não falaremos de lugares, pessoas, histórias etc, falaremos da fotografia em si. Durante o rolê, o fotógrafo procurou de diversas formas enquadrar a modelo (eu, Thaís) no centro da câmera, e variar o ambiente para trazer um pouco da história do local a vocês, nesta fotografia o fotógrafo tentou buscar o tempo certo e o enquadramento perfeito, estávamos no metrô prontos para voltar para casa, esperamos e vimos como o metrô se movimentava de estação em estação, procuramos então uma estação onde não havia muito fluxo de pessoas, paramos e clicamos algumas vezes até chegar nessa foto que era a que procurávamos, enquadrar a modelo dentro dos dois vidros do vagão com o trem em movimento, e chegamos a este resultado.
Agradecemos a vocês leitores que gostaram e curtiram nosso rolê, que se inspiraram em saber as histórias dos lugares.
Agradecimentos ao fotógrafo e aos sites de pesquisa como foram citados nos textos.

As fotos também foram postadas no Instagram e na Fanpage do Hugo (fotógrafo).
Espero que tenham gostado! :)